A casa de Loreto

Loreto, o lar de Paulina Jaricot

loretteEm 1832, Paulina Jaricot compra a propriedade da família Frèrejean, também chamada casa Bréda, bem como os jardins adjacentes. Ela lhe daria o nome de Loreto, por devoção à Virgem Maria e em memória a uma célebre peregrinação da época, a Loreto, na Itália. A casa possui localização privilegiada ao lado da colina entre o Primado Saint-Jean e a Basílica de Fourviére além de uma vista única da cidade de Lyon e dos arredores.

Paulina Jaricot coloca um frontão triangular sobre a fachada norte com a inscrição “Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós” e sobre a fachada leste ela coloca placas gravadas com ladainhas de Maria.

passageEla pede autorização para ter um oratório em um dos cômodos da casa até construir a capela Saint Philomène.

Mais tarde, ela construiria uma escada permitindo aos lioneses e peregrinos chegarem a Fourvière mais facilmente.

Paulina Jaricot permaneceria lá de 1833 até sua morte em 1863 com sua pequena Comunidade das Filhas de Maria.

No mesmo local, ela trabalhou pela divulgação do Rosário Vivo, acolheu todos os humildes transeuntes e pobres, que encontrariam nela consolo e comida bem como eclesiásticos e missionários.

Hoje

A casa de Loreto é propriedade das Pontifícias Obras Missionárias. Sua vocação principal é de ser um lugar de memória, oração e missão para a diocese de Lyon e para a Igreja do mundo inteiro:

  • Lugar de memória para se conhecer a vida, as obras e as ações de Paulina e se recolher no quarto onde ela viveu seus últimos instantes,

  • Lugar de oração com a Comunidade, que assegura a animação espiritual e missionária. A Eucaristia é celebrada segunda e sexta-feira às intenções de pedidos de graças e curas pela intercessão de Paulina em vista de sua beatificação; outras celebrações podem ocorrer sob demanda. Um Rosário é rezado na primeira segunda-feira de cada mês das 19h30 às 21h30,

  • Lugar de missão e evangelização, o local é aberto a todos. A Comunidade e voluntários acolhem os visitantes. Salas de reunião para grupos de reflexão, grupos escolares ou paroquiais estão à disposição, bem como a capela.

A casa está aberta todos os dias das 9h30 às 12h00 e das 14h00 às 18h00, exceto domingo de manhã e terça-feira. O local permanece fechado durante o mês de janeiro.

chambreVenham visitar esta residência e confiar suas intenções de oração para obter graças pela intercessão da venerável Paulina Jaricot em vista de sua beatificação.

Lorette – La maison de Pauline Jaricot
42 bis, montée Saint Barthélémy
69005 Lyon – Tel: 04 72 38 41 00